[TAG] Li até a página 100 e... Em Busca de Abrigo - Jojo Moyes

Jojo Moyes é uma das minhas autoras favoritas da atualidade e quem me acompanha aqui no blog sabe disso. Por isso, Em Busca de Abrigo ~ livro que estou lendo no momento ~ será a obra que irá estrear a TAG Li até a página 100 e..., que encontrei no blog Livros e Bolinhos e também no Estante Lotada. 

Vamos lá?



PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:

Apesar de serem amigas há muitos anos, Maggie e Kate restringiam a conversa a "marido e filhos".

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?

Estou gostando bastante, embora, diferente dos demais livros que li da autora, a leitura não flui tão rápido. Mas nem por isso não estou gostando da obra. É diferente. Trata de conflitos familiares ~ tipo Um Mais Um, mas sem a comédia romântica no meio. O enredo trata de três gerações, mas ainda não sei como a história vai se encaminhar para o final.


O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?


Não há exatamente uma personagem principal. O livro fala de três mulheres de uma mesma família, mãe, filha e neta. Cada uma tem características bastante diferentes, porém fortes e que as tornam cativantes ~ pelo menos para mim.

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA?

"Na voz dele Joy enxergava outras terras, frescos campos verdejantes, cães de caça, aldeões excêntricos e um mundo onde não havia coquetéis."

VAI CONTINUAR LENDO?

Claro. Estou curiosa para saber como a história vai se encaminhar para o final. Espero ser surpreendida pela autora.

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:

"Além disso, de um modo perverso, trabalhar com o grupo ajudara a aplacar a culpa que sentira por largar Geoff, dando a si mesma uma oportunidade de, uma vez por semana, buscar reparação para os seus pecados."


[Resenha] Game of Thrones - A Guerra dos Tronos - George R.R. Martin

"The Winter is coming"



Apenas de ouvir esta frase, meu coração estremesse. Ainda faltam seis meses para o retorno de Game of Thrones à televisão, e eu prometi a mim mesma que iria ler todos os livros da série antes de acompanhar os novos episódios.

Todos os livros que estão na estante foram adquiridos por R$ 19,90 nas Americanas e esperam ansiosos para serem lidos. Com certeza, irei encontrar diversas diferenças entre as mídias, contudo, essa minha longa jornada vai me ajudar a compreender melhor todos os detalhes da adaptação. 



Comecei a ler A Guerra dos Tronos no final do ano passado, pouco antes de iniciar minha jornada pela série televisiva. No começo eu conseguia ler antes de ver os episódios, mas com o tempo, a série começou a ganhar um ritmo mais acelerado que a minha leitura e demorei um pouquinho para finalizar a obra.



A leitura fluiu bem devagar, pois acredito que não estava no espírito para este gênero literário. Mas, quando cheguei na última página, tive um sentimento de alívio. Agora só faltam mais cinco livros!

Para quem não sabe, A Guerra dos Tronos nos apresenta Westeros, seus reinos e suas casas. E todos os acontecimentos deste volume norteiam as ações que chegam nos próximos livros, bem como dá início às batalhas para ocupar o trono do rei em Porto Real. 



Claro que, durante a leitura, já notei algumas diferenças em relação à série, embora grande parte da adaptação eu tenha achado bastante fiel àquilo proposto nos livros. Alguns personagens, que só aparecem um pouco mais à frente na televisão, nos são apresentados ainda nesta história. Outros personagens, que não me lembro na adaptação estão ali também.

A idade dos personagens é também um ponto que chama a atenção de quem inicia a leitura após acompanhar a série. Enquanto na televisão, Robb e Jon Snow são interpretados por atores mais velhos, nos livros, eles possuem 14 anos. Já Daenerys, quando entregue pelo irmão a Khal Drogo, tem apenas 13!

Para concluir, acredito que a leitura é bastante válida, principalmente se você é fã da série televisiva. O livro traz algumas revelações que fazem sentido para aqueles várias teorias que rodam pela internet, principalmente sobre a origem de Jon Snow.

[Resenha] Uma curva no Tempo - Dani Atkins



Resenhar Uma Curva no Tempo sem contar a história do livro vai ser uma tarefa bastante difícil, por isso, vou tentar me distanciar dos detalhes que possam denunciar algum tipo dos desdobramentos da narrativa. Já vi muita gente falando para não iniciar o livro com grandes expectativas para não sair frustado no final. Por outro lado, já vi bastante gente elogiá-lo. Eu, contudo, iniciei a leitura sem imaginar nada. Aliás, o livro estava na minha estante parado por um bom tempo. 

Eu o comprei em alguma das minhas ida a Porto Alegre. Não resisto à compras nem na Fnac e nem na Livraria Cultura - só de pensar nelas, minha mão já coça. Então, li dois ou três capítulos e abandonei. Achei a narrativa no começo um pouco chata, não me prendia muito. Deixei de lado. Depois de alguns dias, resolvi voltar a ler e fui surpreendida com o ritmo bom que a história ganhou. 

Uma Curva no Tempo é dividido em duas partes. A primeira conta sobre o acidente que mudou para sempre a vida de Rachel e seus amigos. Eles estavam em um restaurante, comemorando a ida para a faculdade, quando um carro colidiu contra a parede em que estavam. Ela se salvou, mas passou meses no hospital e ganhou uma cicatriz no rosto, a qual ela tentava esconder. 

Na segunda metade, Rachel acorda no hospital e a vida está completamente diferente daquilo que ela se lembrava. Todos seus amigos estavam ali, ela estava noiva do namorado do colégio e tudo parecia um conto de fadas. E, ela tenta encontrar as razões para justificar o por que tudo aquilo acontecia. 


Bom, o final eu não posso contar aqui. Perderia toda a emoção dos últimos parágrafos. Mas, com certeza, posso dizer que é uma história de amor envolvente e que, lá nos últimos parágrafos vai lhe fazer chorar e querer mais e mais. Ah, Uma Curva no Tempo é o romance de estreia da autora Dani Atkins e a Editora Arqueiro, no Brasil, caprichou muito com a capa da publicação.

Google Plus

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *