{Resenha} I Was Here (Eu Estive Aqui) - Gayle Forman

18:52

Quando li Se eu ficar, não imaginava que eu ia me transformar em uma fã de Gayle Forman. Após a leitura, corri para a livraria comprar Para Onde Ela Foi. Na última semana finalizei mais uma obra da autora: I Was Here (Eu estive aqui). Este último ainda vai ser lançado no Brasil, pela Editora Arqueiro, por isso, li a obra completa em inglês. 


Comprei a edição de bolso britânica de I Was Here na Livraria Cultura, em Porto Alegre. Na verdade, eu nem procurava por ele, contudo, me chamou a atenção quando eu estava olhando o que havia na seção dos importados. 



Comecei a leitura com medo de não chegar ao final do livro por achar difícil compreender o enredo em outra língua. Mas, eu estava completamente enganada. A escrita e as palavras utilizadas pela autora são simples e segue (óbvio) os mesmos padrões das demais publicações de Gayle Forman

A autora gosta de escrever histórias e inserir músicos nela. Tanto em I Was Here quanto nos outros dois livros que li, há personagens fortes e que tocam em uma banda ~ e claro que as mocinhas os namoram (não, não é spoiler!).

Em I Was Here (Eu estive aqui), Gayle Forman cria um drama bastante denso, mas que mistura momentos de comédia e romance. O tema escolhido é polêmico. A história começa quando Cody lê a carta de suicídio da melhor amiga. Porém, ela não aceita a morte de Meg e tenta descobrir os reais motivos que a levaram a ser encontrada sem vida em um quarto de hotel. 

Cody é tem personalidade forte. Diferente da Mia (de Se eu ficar), é uma personagem mais profunda. É mais fácil sentir-se como a Cody e, por isso, eu acho, a leitura fluiu melhor. Cody é determinada e trabalha duro para conseguir alcançar os seus objetivos. E eu acabei torcendo muito por ela. 

Como a edição é de bolso, não há nada muito sofisticado

Nesta narrativa de Gayle Forman, eu senti momentos de profunda ansiedade, que me fizeram não querer largar o livro em nenhum só momento. Por isso eu recomendo vocês correrem para a livraria comprar Eu estive aqui assim que a Editora Arqueiro lançá-lo em português!

You Might Also Like

6 comentários

  1. Finalizei a leitura do livro hoje! Tinha lido alguns comentários dele no instagram com a #euestiveaqui e a primeiro momento achei que o livro não deveria ser tão bom, pois vi muitas pessoas dizendo que não surpreendeu e que mudou completamente o estilo da Gayle.
    Eu, assim como muitas pessoas e você, rsrs', me tornei fã dela e sou completamente apaixonada pelos livros dela. Acredito que as pessoas que gostaram de Se eu ficar e Para onde ela foi, com certeza é pelo fato da sequência, de ter uma continuidade e ter histórias contadas por dois lados, ou seja, Mia e Adam, e como Apenas um dia e Apenas um ano, onde também tem continuidade na história, contadas por dois lados, Allyson e Willem. Acabei ficando curiosa com o por que as pessoas não tinham gostado tanto e resolvi ler. Eu, particularmente, AMEI esse outro lado da Gayle (ela não teve mudança alguma, na forma de escrever ou de abordar temas com tanta facilidade, mas esse outro lado que digo, é a finalização de um livro sem continuidade). Ela conseguiu nesse livro misturar um assunto tão comum no nosso dia a dia, a depressão, envolvida com muito suspense, o que acaba prendendo muito o leitor até o final. Cody ficou completamente sem chão com a morte de sua melhor amiga, e acredito que qualquer outra pessoa teria ficado, pois você fica se questionando: Se eu estivesse lá para ajudar? Se eu tivesse ouvido? Se eu tivesse deixado de lado as intrigas, os ciumes e tivesse ouvido?
    É um livro muito bonito, e que nos deixa ensinamentos maravilhosos, principalmente sobre o Perdão, (perdoai de coração não apenas da boca para fora) e lutar pela vida, pois é o bem mais precioso! Tem horas que realmente temos vontade de desistir, mas temos que lembrar que existe um Deus maior ao nosso lado, nos ajudando até mesmo quando não existe mais ninguem ao nosso lado, pois ele sim não abandona nenhum filho seu.

    Eu gostei muito do livro, que apesar de ter toda história da depressão, da insegurança da Cody, da semelhança de história de vida de Cody e Ben, o romance e a amizade que nasceu entre eles e os amigos de Meg, é maravillhosa! Me emocionei em cada pedaçinho do livro.

    No livro, apos o epilogo há um pouco sobre a escritora, e tem um trecho que me chamou completamente a atenção, e que foi citada por Richard "Locão": Todo mundo ja passou por isso." "Acredito que todos nós temos dias ou semanas tão ruins que às vezes fantasiamos sobre simplesmente não existir, (...) a vida pode ser dificil, bonita e caótica, mas, com um pouco de sorte, a sua será longa. Se for, você verá que é também, imprevisível e que há momentos de escuridão. Mas eles passam, às vezes graças a muito apoio externo, e o túnel se alarga, permitindo que os raios de sol entrem. Se você estiver na escuridão, pode parecer que vai continuar nela para sempre. Tateando as cegas. Sozinho. Mas não vai - e não esta sozinho. Há muitas pessoas dispostas a ajuda-ló a voltar a luz."


    Um beijo.
    Thais Cuarelli

    ResponderExcluir
  2. Eu gostaria de saber qual a sequência dos livros da Gayle Forman!

    ResponderExcluir
  3. Eu gostaria de saber qual a sequência dos livros da Gayle Forman!

    ResponderExcluir
  4. Comprei o livro hoje e começarei a leitura amanhã.... ansiosa pelo meu primeiro livro em inglês.

    ResponderExcluir
  5. Comprei o livro hoje e começarei a leitura amanhã.... ansiosa pelo meu primeiro livro em inglês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pollyana! Espero que curta bastante! Ele tem uma linguagem bastante simples!
      Beijos!!

      Excluir