[resenha] Se eu ficar - Gayle Forman

14:44

"Se eu ficar", assim como "Quem é você Alasca?" foi adquirido na loja da Fnac, em Belo Horizonte. Da mesma forma que a Livraria Cultura me encanta, a Fnac também me faz gastar bastante dinheiro. Mas, falando sobre o livro, discursar sobre a obra de Gayle Forman não vai ser nada fácil.

A autora criou uma narrativa diferente daquelas que estou acostumada para contar uma história de amor. Não apenas aquele amor que existe entre um homem e uma mulher, mas o amor existente entre famílias e amigos.

Em primeira pessoa, a personagem Mia narra a história através de flashbacks, enquanto está em coma, presa em um leito de hospital. O livro tem momentos alternados entre o presente e fatos ocorridos no passado.



Não é segredo para ninguém que os pais da garota, de apenas 17 anos, morreram durante um acidente de carro, o qual ela também estava e foi a única sobrevivente. Enquanto ela observa a chegada dos parentes e amigos e conta histórias sobre eles, durante boa parte do livro Mia aguarda ansiosamente a chegada do namorado Adam ao hospital. Naquela noite eles iriam se encontrar para irem ao show da banda dele.

A luta de Mia é para ficar viva, tentar voltar a sentir algo. E ela sentiu ao chegar perto de Adam. Ao longo do história, a menina passa por cirurgias, fica junto aos avós e amigos, que a querem bem. Relembra sua paixão pela música clássica e pelo violoncelo.

Gayle irá te fazer viajar por um mundo mágico, um mundo de amor. De uma forma sutil, ela contará o amor verdadeiro entre Mia e Adam e como a música os uniu. "Se eu ficar"é o primeiro livro da autora publicado pela Editora Novo Conceito. Logo logo será lançada a continuação: "Para onde ela foi".



You Might Also Like

0 comentários